Crédito: Bárbara Cristina Oliveira (acervo pessoal)

Hope, Bárbara e a Esperança. Uma homenagem ao Dia das Mães!

Conheça uma história de amor, superação e os sentidos da maternidade

07/05/2022 Mundo Pet Tempo de leitura: 3 minutos

Há quem diga que o Amor Materno é daquele tipo mais puro e sublime, incondicional! Não duvidamos disso, mas a maternidade é algo que ultrapassa largamente os laços biológicos: tem mais haver com cuidados; com um bem querer. A princípio esse texto trataria do Hope (o Golden), mas resolvemos fazer uma homenagem à sua tutora Bárbara, em meio ao conjunto das comemorações que envolvem o Dia das Mães
 


O “Peca” (apelido de sapeca) é fruto de uma dor e de um renascimento, talvez de uma resignificação daquilo que chamamos amor.  Essa história começa quando Bárbara descobriu que estava grávida, em meio a uma longa viagem com seu marido Vinícius pela costa africana. Reproduzimos abaixo a legenda de uma das primeiras postagens do Hope no Instagram:

“Oie, AuMiguinhos. Essa é minha mamãe e hoje eu vou contar a história do meu nomezinho. Hope, em inglês, quer dizer Esperança. Depois de um ano difícil para todos nós (pandemia), faz o maior sentido né?! Porém, além disso, esse nome foi escolhido porque eu tenho um irmãozinho humano que está nos céus. Em janeiro, minha mamãe descobriu uma gravidez de risco na trompa (ectópica) e foi assim que surgiu meu nome e também, que eu fui escolhido pra fazer parte dessa família. Vou trazer sim muita esperança, além de muito amor, carinho e molecagem. Curiosidade: meu irmãozinho humaninho que está no céu teria a mesma idade que eu."


O Hope foi um presente que a mãe da Bárbara deu a ela, buscando ajudar na superação de sua perda. O Peca foi fundamental na superação de sua dor, tornando-se seu amigo e companheiro; ganhando o espaço de um filho querido, trazendo incontáveis alegrias para sua família, …e para todos nós, que passamos a acompanhar suas viagens e travessuras, sempre repletas de amigos e muito carinho de todos.  

O hope é meu remédio. Com ele não tenho tempo de ficar triste. Só fico triste quando ele adoece” - relata Barbara - “Ele faz o que quer, eu deixo ele ser cachorro. Nós não forçamos ele a ser blogueiro.

O fato é que Hope trazia um carisma pessoal muito forte, e foram suas travessuras (e não o seu bom comportamento) que viralizaram na rede, a exemplo de roubar ração de seus amigos após comer a sua. Gradativamente, o Peca começou a ser bastante requisitado para a publicidade, recebendo muitos presentes e passando a “pagar as próprias contas”, por assim dizer.
    

Além do seu trabalho como engenheira química, Bárbara dedica boa parte do seu tempo para cuidar do Hope (sua saúde, alimentação e bem-estar), além de sua presença virtual. Não se trata de publicidade: o Hope é cercado de amigos conquistados em viagens e aventuras, o que exige uma diálogo contínuo, além de uma sensibilidade especial e afetuosa para lidar com o carinho de milhares de seguidores e fãs.

É nesse momento todo especial - em que homenageamos as mães pelo seu dia -, que surgem diferentes visões em torno daquilo que viria a ser a “maternidade”, muitas vezes acompanhadas de críticas à ideia de uma “mãe de pet”. Nesse ponto, Bárbara não carrega nenhum fetiche:

“o Hope dá muito trabalho, mas eu tenho consciência que um filho humano é uma responsabilidade muito maior”


Essa pode ser uma discussão bastante ociosa se levarmos em conta que o planejamento familiar, assim como a vida, são bastante difíceis, complexos e cheios de responsabilidades. Mais que isso, que ninguém se encontra sob um ponto de vista privilegiado, a ponto de determinar, julgar ou mensurar aquilo que venha a ser a dor, o amor ou o afeto de cada ser. A qualidade da conexão entre seres é algo que se sente, se vive, …e não cabe em palavras
 
      

Por fim, homenageamos não apenas a Bárbara, mas todas as mamães desse mundo, inclusive à todas as mulheres que trabalham nas ONGs de adoção e resgate, oferecendo afeto, carinho e bem-estar a muitos pets. Acreditamos que cachorro melhoram pessoas, nós melhoramos cachorros e cachorros melhoram o mundo!

Feliz Dia das Mães!